Pequenas reticências…

Archive for Julho 2011

Me faz um bichinho?
pediu Carolina
Mas faz dobradura com folha de cartolina

Me faz um vestido?
pediu a Cristina
Mas faz com a seda que é muito mais fina

Me faz um agrado?
Pediu a Maria
Não importa qual fosse, ela se alegraria.

Segundo a lenda, e a história, o origami é tão antigo quanto o papel, que surgiu na China por volta do ano 105 a.C. A técnica que criava o material que substitui a seda foi mantida por séculos em segredo. Somente quinhentos anos depois o papel chegou ao Japão pelas mãos dos monges budistas. Naquela época, papel era coisa de luxo, e só a nobreza tinha acesso.
O objetivo não era só o decorativo e lúdico, como é hoje. Usava-se as técnicas de origami para fazer, por exemplo, copos usados em casamentos, leques mais resistentes etc.
Assim foi até que o origami virou uma tradição oriental, passada de geração em geração,  até os grandes livros de origami lançados a partir de 1603.
Durante todo esse tempo, o tsuru tornou-se a ave-símbolo do origami. É uma espécie de cegonha, que significa boa sorte, felicidade e saúde. Reza a lenda que quem fizer mil tsurus terá um desejo atendido.
Entretanto, as técnicas para o tsuru são um pouco complexas, e pedem prática. Então, vamos começar a treinar?
Abaixo, descrevi como se faz um cisne de origami. Não é um tsuru, mas já dá pra ter ideia do que nos espera.
Boa diversão!

Origami de cisne

Você vai precisar de:
– um quadrado de papel da cor de sua preferência, medindo 20×20 cm.

1)    Dobre o quadrado ao meio, para formar um triângulo. Marque bem a dobra e abra-o.

2)    Dobre novamente cada lateral, formando uma espécie de cone.

3)    Una as duas pontas, marcando bem a dobra, e abra-o.

4)    Dobre as duas pontas que ficaram no meio da estrutura, formando o corpo do cisne.

5)    Dobre a ponta mais fina novamente, até as duas pontas se encontrarem (aproveite a dobra já marcada).

6)    Dobre a pontinha do papel, que formará a cabeça do cisne.

7)    Dobre toda a estrutura ao meio. Você já vai conseguir visualizar o corpo e o pescoço do cisne.

8)    Puxe o pescoço e a calda, e prontinho: você terminou seu cisne.